sexta-feira, 13 de abril de 2012

O que fazer com as cartas das finanças

video

Facebook carregado de vírus

Vírus em aplicativos maliciosos

Uma das formas de contaminação por vírus no Facebook, são os aplicativos e jogos aceites pelo usuário. Ao fornecer acesso a sua conta para um aplicativo malicioso, o mesmo pode obter informações valiosas como dados pessoais e em alguns casos, solicitam a instalação de complementos para o seu navegador, o que certamente é suspeito e pode ser uma tentativa de contaminação. A intenção deste tipo de aplicativo é a mesma de um vírus comum, infetar a sua máquina para obter controle sobre ela, arquivos pessoais e etc.



Vírus em páginas

Ultimamente, a forma mais comum de contaminação no Facebook são as Fans Pages (Páginas de Fans) maliciosas. Em geral, são maliciosas aquelas páginas onde é proposto algo que o próprio Facebook não permite fazer, como trocar a cor azul original, ver quem visitou o seu perfil e etc.

Ao fazer "Gosto" nestas páginas maliciosas, é-lhe solicitado a instalação de um aplicativo. Se  aceitar, este aplicativo irá mandar mensagens automáticas aos seus amigos, incentivando o acesso às suas respetivas páginas, e assim atraindo mais fans...
Um exemplo de mensagem sendo enviada automaticamente para divulgarem fan pages maliciosas:


A intenção destes aplicativos é única (em geral): aumentar a quantidade de usuários.
Para ambos os casos, a solução é a tradicional, ou seja, evite clicar em páginas suspeitas, que prometem coisas novas para o Faceboook, procure eleminar aplicativos que não use ou que não se lembre de ter instalado (através da aba configurações).

Rapaz vendeu rim para comprar iPad e iPhone

Quando se diz que é preciso vender um rim para comprar um iPhone, é só uma força de expressão. Mas um jovem chinês vendeu o rim para arranjar dinheiro e comprar um tablet e smartphone da Apple. 


Relacionado com este episódio cinco pessoas foram acusadas de lesão intencional – o rim foi vendido no mercado negro – e o rapaz sofre de insuficiência renal.

A venda não foi descoberta até a mãe de Wang perceber que ele comprou produtos da Apple com o próprio dinheiro. Quando ela perguntou de onde veio o dinheiro, ele confessou. 
A parte mais estranha: vender o rim nem seria crime há cinco anos atrás. Na China, o comércio de órgãos humanos só foi banido em 2007. Em 2007!

Hoje, Wang sofre de insuficiência renal, ou seja, o rim dele não consegue filtrar completamente as toxinas do sangue. A situação dele está a piorar, e, talvez precise… de um transplante. Na China, cerca de 1,5 milhão de pessoas precisam de órgãos, mas apenas 10.000 transplantes são realizados por ano. Infelizmente, como Wang agora já sabe, um novo rim será bem difícil de obter. 

Dia Internacional do Beijo

Gesto que hoje é público e banal era encarado com recato antigamente. Esta ocasião é celebrada no dia 13 de abril e no dia 6 de julho 



Quinze curiosidades interessantes sobre os beijos:


1. Na Rússia, o maior sinal de reconhecimento era um beijo do Czar.

2. A etiqueta vitoriana exigia que o homem se curvasse para beijar a mão das damas (bons tempos).

3. Nos EUA, o beijo nas bochechas só é dado por pessoas íntimas e não é o cumprimento padrão como no Brasil ou na Europa.

4. Em algumas tribos africanas, presta-se homenagem ao chefe ao beijar o chão por onde ele passou.

5. A palavra “ósculo” é sinônimo de “beijo” em português. Ela é originada do latim “osculum”, que significa “boca pequena”, ou seja, o movimento feito com os lábios no momento do beijo.


6. Em alguns locais ou certas ocasiões beijar é crime. Nos EUA, no Estado de Indiana, é ilegal que um homem de bigode “beije habitualmente seres humanos”. Na cidade de Hartford, Connecticut, é ilegal que um marido beije a esposa no domingo.

7. Beijar em público não é bem visto no Japão, Taiwan, China e Coréias. Os beijos japoneses típicos são “beijocas” para nós e parecem ter sido criados para censurar a “perda da moral” do ocidente. Um casal japonês deve manter certa distância antes de se curvarem para encostar os lábios por um segundo.

8. Nos tempos medievais, os beijos eram levados a sério. Se um casal era pego “nos agarros”, poderia ser forçado a casar.

9. Estudos indicam que 66% das pessoas mantêm os olhos fechados enquanto beija. O restante sente prazer em observar a miríade de emoções no rosto do parceiro(a).

10. O prazer do beijo pode estar ligado ao fato do tato labial ser duzentas vezes mais sensível do que o tato nos dedos.

11. O beijo de língua é chamado de “união de almas” na França. Comumente se atribui aos franceses a invenção desse tipo de beijo.

12. “Beijo de borboleta” é o nome dado a uma espécie infantil de beijo em que se esfrega suavemente os cílios no nariz ou bochechas de outra pessoa, com o movimento da pálpebra.

13. Durante o beijo, o corpo produz substâncias 200 vezes mais poderosas do que a morfina, em termos de efeito narcótico. É por isso que um casal pode sentir euforia ou êxtase durante um beijo.

14. Metade das pessoas tem o primeiro beijo amoroso antes dos 14 anos de idade.

15. Os Hershey’s Kisses têm este nome porque a máquina que os fabrica parece beijar a esteira transportadora ao depositar o chocolate.







Universidade de Aveiro cria software que ‘apanha’ os mentirosos

Programa informático lê as informações recolhidas do polígrafo, ao invés de ser um humano a fazê-lo. Testes realizados revelam taxa de sucesso surpreendente, superior a 80 por cento. Responsáveis acreditam que esta nova técnica pode e deve ser utilizada como uma ajuda complementar.

Qual será classe profissional que mais sofreria se se submetesse ao teste do polígrafo?
Pois, é essa mesmo... partilho da  mesma opinião.